10 livros da Agatha Christie que vale ter na coleção

Investigue os crimes com Hercule Poirot e Miss Marple!

Livros Agatha Christie

Agatha Mary Clarissa Christie foi uma escritora brilhante que se dedicou ao suspense policial, tendo publicado mais de 80 obras. Após algum tempo, os livros de Agatha Christie passaram a ser obrigatórios para quem se interesse por este gênero.

Me recordo que meu primeiro contato com a autora foi em “A casa do penhasco” e, desde então, sempre que podia, lia alguma de suas obras.

São livros de suspense tão incríveis, que fica difícil saber por qual começar, por isso deixei a seleção abaixo para te ajudar; confira!

A seguir você verá:

  1. Sobre Agatha Christie
  2. Resenhas dos melhores livros de Agatha Christie
  3. Ordem dos livros de Agatha Christie
  4. Livros favoritos de Agatha Christie

Leia mais sobre a autora, veja resenhas sobre algumas de suas obras e saiba também a ordem de todos os livros escritos por ela.

1. Quem foi Agatha Christie?

Agatha Mary Clarissa Miller nasceu em 15 de setembro de 1890 em Torquay, Devon, sudoeste da Inglaterra, e tornou-se, e continua sendo, a romancista mais vendida de todos os tempos. Ela é mais conhecida por seus 66 livros policiais e 14 coleções de contos. Seus livros venderam mais de um bilhão de cópias na língua inglesa e um bilhão em traduções.

O último livro de Christie, escrito nos anos 40, foi publicado em dezembro de 1975. A autora morreu um mês depois, em 12 de janeiro de 1976.

2. Resenhas dos melhores livros de Agatha Christie

Caso nunca tenha tido a oportunidade de ler Agatha Christie, este top 10 certamente vai te convencer a conhecer mais obras da autora.

E caso já tenha lido, ao final deste artigo consta também a ordem de publicação de todos os livros dela, caso tenha curiosidade em ver outras opções.

1º – E não sobrou nenhum

  • Média de páginas: 400

A história gira em torno de um grupo de dez personagens que estão em uma ilha extremamente isolada, chamada Ilha do Soldado. São oito convidados e dois criados.

Ao chegarem, se deparam com um famoso poema escrito no quarto deles.

Em seguida, eventos estranhos acontecem: o anfitrião nunca aparece, e após serem acusados de diferentes crimes mortes inexplicáveis começam e, sem comunicação com o continente devido a uma forte tempestade, a estadia transforma-se em um pesadelo.

Medo, confinamento e angústia, justificam porque “E não sobrou nenhum” foi eleito o melhor romance policial de todos os tempos.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre E não sobrou nenhum:

  • “Agatha Christie é uma das minhas autoras preferidas, sou apaixonada pela obra dela e nunca canso de seus livros. E não sobrou nenhum era um livro que estava em dúvida se leria ou não, sua enorme fama sempre me intimidou um pouco. Só lamento ter esperado tanto para fazer essa leitura! Um dos melhores livros que já li, trama muito bem arquitetada, personagens intrigantes e desfecho de deixar o leitor de queixo caído devido a genialidade da história. Muito merecido o título de maior romance policial de todos os tempos. Agatha Christie é realmente impressionante!”
  • “Esse livro não tem os clássicos detetives da escritora, porém é muito bom, a história prende atenção do leitor. Se você gosta de livros de suspense, deve ler esse. Alguns críticos falam que é o melhor livro de Agatha, não concordo, mas está entre os melhores com certeza.”
  • “Ótimo livro, prende a atenção do início ao fim, ótima história!”
  • “Enredo genial, diálogos envolventes, um magnífico plot twist. Os personagens apresentam uma complexidade, uma motivação compreensível. Mais uma vez Agatha Christie prova ser um gênio através de uma de suas maiores obras, até me atrevo a dizer que essa seja sua maior criação.”

2º – Assassinato no expresso do oriente

  • Média de páginas: 240

Nada menos que um telegrama aguarda Hercule Poirot na recepção do hotel em que se hospedaria, na Turquia, requisitando seu retorno imediato a Londres.

O detetive então embarca às pressas no Expresso do Oriente, inesperadamente lotado para aquela época do ano.

O trem então é detido no meio do caminho por uma forte nevasca no meio da Iugoslávia e um passageiro com muitos inimigos é brutalmente assassinado durante a madrugada.

Caberá a Poirot descobrir quem entre os passageiros teria sido capaz de tamanha atrocidade, antes que o criminoso volte a atacar ou escape de suas mãos.

Um dos livros um tanto conhecido da autora, com uma narrativa distinta, recheada de pormenores. Seus capítulos são breves e bem explicativos, o que é uma ótima qualidade para um livro tão repleto de personagens.

Além do livro, existe um filme de mesmo título que também é excelente.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Assassinato no expresso do oriente:

  • “Muito Bom, ótima leitura, muito parecido com o filme, porém, com uma maior gama de detalhes e com português de fácil entendimento.”
  • “Não à toa seus livros continuam a vender tanto. Assassinato no expresso do oriente é simples, sem ser bobo, tem bom vocabulário, é rico em personagens e prende bem o leitor. Confesso que tudo ficou um pouco aquém das lembranças de outrora, mas ainda assim uma boa leitura.”
  • “A icônica Agatha Christie tem essa mania de surpreender seus leitores com suas estórias muito bem elaboradas. A narrativa, além de distinta, é recheada de pormenores que vez ou outra obriga o leitor a reler algumas passagens para poder compreender o desenrolar do enredo.”
  • “O livro é perfeito para uma leitura em grupo. A cada capítulo, Agatha Christie apresenta novos depoimentos e pistas que nos faz pensar nas mais absurdas teorias, e ter pessoas com quem discuti-las torna a leitura ainda mais divertida.”

3º – Treze à mesa

  • Média de páginas: 240

Em “Treze à mesa“, a bela atriz americana Jane Wilkinson pede que o detetive Hercule Poirot a ajude a se divorciar do barão Edgware, um excêntrico antipático com quem ela viveu por pouco tempo. Jane quer se casar com um duque.

Pouco depois, o barão é encontrado morto em sua casa, com uma facada no pescoço.

O mordomo diz que Jane havia visitado o marido na noite do crime. Mas uma notícia de jornal relata que, naquele momento, a atriz estava em um jantar com mais doze pessoas.

O mistério aumenta com outras duas mortes. Carlotta Adams, também atriz, é vítima de overdose. Donald Ross, que estivera com Jane no jantar dos treze, também é morto à faca.

Qual o motivo da série de assassinatos?

Nem mesmo quando, após tantos e tantos livros, achamos que sabemos o suficiente para interpretar o final… uma maestria inigualável, que vale cada minuto de leitura.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

  • Amazon Brasil: CONFIRA AQUI
  • Americanas: (sem estoque)
  • Submarino: (sem estoque)

Mais resenhas sobre Treze à mesa:

  • “Fórmula de sucesso: Agatha Christie + Hercule Poirot = textos impecáveis que prendem a atenção de qualquer fã do gênero. Um dos melhores livros da autora que já li.”
  • “Agatha nunca deixa de surpreender! Nem mesmo quando, após tantos e tantos livros, achamos que sabemos o suficiente para interpretar o final… uma maestria inigualável, 13 à mesa vale cada minuto de leitura.”
  • “Esse é o primeiro livro de Agatha Christie que li e gostei muito da experiência. É o tipo de história que te faz querer voltar pro livro o tempo todo.”
  • “Um clássico extremamente bem construído, te prende a cada momento e te faz não querer parar de ler. Nos contos da Agatha é impossível adivinhar o assassino e nesse livro a mesma coisa, incrível sem defeitos.”

4º – Os cinco porquinhos

  • Média de páginas: 290

Os cinco porquinhos” nos apresenta os aspectos psicológicos de cada personagem envolvido em um crime ocorrido 16 anos atrás.

Agatha coloca, nesta obra, seus elementos mais clássicos e mais interessantes: conhecimento sobre venenos, uma intriga que envolve família e amigos, pessoas com os mais diversos motivos para cometerem o assassinato, grandes reviravoltas, e ainda a inteligência brilhante do famoso detetive Hercule Poirot.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Os cinco porquinhos:

  • “Não é por acaso que “Os Cinco Porquinhos” é considerado um dos melhores livros de Agatha Christie. Publicado em 1941, ele propõe um modelo de ficção policial em que a análise psicológica das personagens é primordial para a elucidação de um assassinato ocorrido no passado.”
  • “Não achei que eu igualaria mais um livro de Agatha aos meus dois (anteriormente) preferidos, “Assassinato no Expresso do Oriente” e “E não sobrou nenhum”, mas “Os cinco porquinhos” é genial. A referência à Holmes se dá logo no início do livro, no qual Poirot garante não necessitar de qualquer pista material para decifrar o enigma proposto, recorrendo, novamente, às celulazinhas cinzentas das quais tanto se gaba Os cinco porquinhos . Trata-se de um romance psicológico, no qual, através de entrevistas com cada um dos suspeitos, Poirot elabora a teoria para tentar desfazer um erro do passado, a pedido da filha das vítimas. Lento no início, o livro cresce no final e mostra (pra variar) toda a engenhosidade de Agatha Christie. Recomendadíssimo!”
  • “Não diria que é um dos melhores livros de Agatha, porém é competente em desenvolver a história e tem um final que como sempre surpreende. Não vemos muito do raciocínio de Poirot para resolver o crime, já que muito se baseia nos relatos dos suspeitos. Porém, o livro não decepciona e gera uma boa leitura, em que é difícil colocar de lado até chegar ao final.”
  • “Sem dúvida um dos melhores romances de Agatha Christie. A história em si poderia ser julgada como simples, a forma como tudo efetivamente se desenrola é que fazem desse um livro maravilhoso.”

5º – Morte no Nilo

  • Média de páginas: 320

Linnet Ridgeway é linda e absurdamente rica. Por mais que ela negue, sua lista de invejosos são grandes, alguns inofensivos, mas outros… nem tanto.

Ela acaba se casando com o ex noivo de sua melhor amiga, e por falta de senso (ou não), quer passar a lua de mel no mesmo lugar onde o ex casal iriam passar, no Nilo.⁣

A viagem tinha tudo para ser perfeita se todos ali não tivessem motivações para querer matar Linnet.

Mas a descoberta do assassino com certeza será solucionada, pois o detetive mais querido de todos, Hercule Poirot, também está nesse.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Morte no Nilo:

  • “A história em si é fantástica, um dos melhores livros da autora, amei a leitura! A compra vale muito a pena!”
  • “Agatha Christie sabia mesmo escrever de um jeito que colocasse o leitor “dentro do livro.” Como se estivéssemos lá, junto com os personagens. E a facilidade que ela tinha em mudar o curso dos acontecimentos de forma natural… fazendo o leitor mudar drasticamente de opinião sobre o assassino… é sem dúvidas uma de suas maiores virtudes e está presente de forma marcante em “Morte no Nilo.” Leitura obrigatória para todos os fãs e ótima apresentação para aqueles que desejam conhecer o excepcional trabalho da ‘Rainha do crime’.”
  • “Foi a minha experiência com a autora, e posso dizer que foi bem positiva. Na investigação do assassinato que ocorre no navio, a autora consegue nos deixar bem atentos à história, fazendo-nos suspeitar de praticamente todos os personagens.”
  • ” Por ser um clássico tão comentado da autora estava com medo de não alcançar as expectativas, mas elas foram simplesmente superaras! Recomendo muito.”
  • “Detalhista e muito bem escrito. Não fica com nenhuma ponta faltando da história.”

6º – A casa do penhasco

  • Média de páginas: 220

Esse livro é muito interessante, pois diferente da maioria dos outros livros de Agatha Christie, inicialmente não há um crime consumado a ser investigado e o detetive Poirot precisa mudar as suas estratégias para evitar que ele ocorra, enquanto alguém parece brincar com suas habilidades.

Uma semana de férias na Cornualha… esse parecia ser o cenário perfeito para coroar o fim da brilhante carreira do detetive Poirot, ao lado de seu grande amigo, o capitão Hastings.

No entanto, o clima de tranquilidade é quebrado quando eles conhecem Nick, herdeira da casa do Penhasco, que lhes diz ter escapado da morte diversas vezes nos últimos dias.

Seriam meros acidentes? Ou haveria outra explicação para isso?

Poirot decide abandonar os planos de aposentadoria e volta à ativa para solucionar esse caso.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre A casa do penhasco:

  • “Trama bem escrita, dinâmica e envolvente. Assim como nos outros livros, o final é surpreendente e segue a fórmula de suspense policial típico da autora. Vale a leitura!”
  • “Mais um vilão impensável é surpreendente. Bom (e angustiante) ver Poirot tão perdido quanto nós.”
  • “Agatha é um gênio do suspense, e neste livro faz jus ao título! Esta história intrigante, que guarda seus mistérios até o final, vale a leitura, pela genialidade de sua autora e de mais esta história!”
  • “Esse entrou para a minha lista de favoritos, uma leitura leve e rápida com uma curiosidade para saber o desfecho, incrível. Vale a pena a leitura.”
  • “Primeira vez que leio da Agatha e já virei fã! Muito mistério e um final surpreendente! Você “devora” o livro de tão bom!”

7º – O Assassinato de Roger Ackroyd

  • Média de páginas: 290

O assassinato de Roger Ackroyd é um dos mais famosos romances policiais da rainha do crime.

A história é narrada por Dr. Sheppard, um médico, aparentemente tranquilo, que mora com sua irmã, Caroline.

Entretanto, ele mantém uma relação além do profissional com Mr. Ackroyd, um milionário que esconde alguns segredos amorosos e que, por sua posição social, vive cercado e requisitado por várias pessoas.

Quando, então, Mr. Ackroyd é assassinado em circunstâncias misteriosas no pequeno vilarejo de King’s Abbot, vem à tona a efervescência e um punhado de suspeitos.

Em meio a isso aparece um homem misterioso e, aparentemente, comum, plantando abóboras no quintal.

É ele, Hercule Poirot, o famigerado detetive belga que soluciona todos os casos com pleno êxito.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre O Assassinato de Roger Ackroyd:

  • “Fiz isso, foi o primeiro livro da Agatha Christie que li, e gostei muito. Até fiz uma coleção denominada “Agatha Christie” e já comprei o livro mais famoso dela: “E não sobrou nenhum”.”
  • “Eu simplesmente me senti enganada, mas não enganada no sentido ruim, pelo contrário, é isso que se espera de um livro de mistério: ser enganado. Eu realmente me assustei quando descobri o verdadeiro assassino. É uma história muito inteligente. Agatha Christie é excepcionalmente imprevisível.”
  • “Ler Agatha Christie é sempre uma ótima distração. Este é um livro rápido de ler, porque é muito envolvente e é incrível como nunca acertamos quem é o assassino.”
  • “Recomendo muito a quem gosta de suspense e ama aquele tipo de final que te pega completamente desprevenido. Um dos melhores livros da autora.”

8º – Um corpo na biblioteca

  • Média de páginas: 190

Na história, o casal Bantry é acordado por uma criada dizendo que há um cadáver na biblioteca da casa deles.

O corpo é de uma mulher exuberante, morta por um estrangulamento.

Os Bantry nunca viram essa mulher e vão atrás de respostas com a ajuda da Miss Marple.

O crime acontece logo nas primeiras páginas do livro. Mas o suspense vai até a última página, dá um nó na cabeça e é impossível parar de ler.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Um corpo na biblioteca:

  • “Agatha Christie é uma leitura maravilhosa. “Um corpo na biblioteca” é leve e muito bem escrito e traduzido, mas as últimas 22 páginas são capazes de tirar o fôlego do leitor. Miss Marple é uma simpatia com toda sua discrição, experiência de vida e capacidade de observação, surpreendendo a cada capítulo e nos encantando com sua esperteza e astúcia.”
  • “Foi o primeiro livro da Agatha que li, achei alguns capítulos meio confusos e cansativos, mas o final me surpreendeu bastante. Queria ser a Miss Marple hahaha.”
  • “Excelente diagramação, capa de ótima qualidade, quanto a estória, creio que dispensa comentários, afinal trata-se de Agatha Christie.”
  • “Um corpo na biblioteca satiriza a ficção policial da época, que se valia da biblioteca como um de seus cenários de crime mais recorrentes. Christie mostra como fugir ao clichê, construindo uma trama imprevisível e bastante engenhosa. Diversas pistas são oferecidas ao leitor, que é convidado a ingressar no mistério. O ritmo oscila. De fato, há certos momentos em que a história perde vigor, porém a solução do caso é tão surpreendente, que compensa amplamente os trechos de leitura mais morna. Eu gostei e recomendo.”

9º – Convite para um homicídio

  • Média de páginas: 270

Em um pacato vilarejo de Chiping Cleghorn começa a história desse livro.

Os moradores ficam intrigados, pois, naquela manhã, o jornal havia publicado um anúncio convidando os amigos da família Blacklock a comparecerem a um homicídio.

Convencidos de ser apenas um jogo, uma brincadeira… Bem no horário mencionado as luzes da casa se apagam e tem um disparo.

Um caso para o Inspetor Craddock e Miss Marple com sua astúcia.

⁣Com reviravoltas muito legais, Agatha mantém o leitor preso até o fim, como sempre.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Convite para um homicídio:

  • “Esse é o meu livro favorito com a Miss Marple, é o que eu acho mais divertido. A empregada da casa da srta. Letty é impagável pra mim!”
  • “Convite para um homicídio é o meu caso favorito da Miss Marple.”
  • “Eu amei esse livro! Matei a charada de cara, realmente parece que a Agatha quis dar esse crime meio de bandeja pros leitores, ou de tanto ler seus livros estou pegando o jeito dela.”
  • “Uma ótima história, bem constituída e com personagens muito cativantes. O final é extremamente surpreendente. Meu livro favorito com a Miss Marple!”
  • “Gostei do livro em si, mas confesso que achei a solução do crime um pouco mirabolante, rs. Por causa da questão do tempo para tudo acontecer… E por achar que tinham soluções mais simples pro problema… Mas, ainda assim, é um bom livro.”

10º – Os crimes ABC

  • Média de páginas: 250

Em “Os crimes ABC” acompanhamos o detetive Poirot em mais uma investigação, na qual ele recebe cartas o guiando para a cidade do crime que será cometido, mas sempre com um atraso.

Os crimes são cometidos em ordem alfabética, A B C (assim como o título do livro sugere).

Com uma narrativa feita em sua maioria dos capítulos em primeira pessoa pelo amigo e fiel escudeiro de Poirot, o capitão Hastings, conseguimos acompanhar cada passo da investigação bem de perto.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Os crimes ABC:

  • “O livro é excelente e traz uma narrativa surpreendente, principalmente no desfecho. É muito difícil acertar o(a) culpado(a) pela onda de assassinatos. É o tipo de livro super indicado para quem procura um bom entretenimento que possa ser lido de maneira rápida e que vai te prender ao longo de cada capítulo.”
  • “Primeiro livro que leio da Agatha Christie e estou fascinada, realmente é impressionante a forma como a historia se desenvolve, deixando você suspeitando de tudo e todos, e no final como já esperava, surpreendente; já tenho outros dela na lista e não vejo a hora de ler.”
  • “É um livro de leitura fácil, sem palavras difíceis e personagens interessantes. Eu simplesmente adorei a narrativa do personagem Hastings, e quando ele se junta com o Hercule Poirot as cenas são um tanto engraçadas, me fizeram rir em um livro de homicídios. Recomendo muito este livro e certamente continuarei comprando mais livros da Agatha Christie.”
  • “Foi o meu quinto livro da Agatha Christie, ele te prende na história, e o final é bom, embora possa ser previsível. Eu gostei do livro, mas, não é melhor que os outros que já li da autora.”
  • “Um livro de estilo diferente da Agatha, apesar de tão envolvente quanto as outras obras da autora. Porém, a leitura demora um pouco pra engatar e não temos acesso a todas as pistas até o final. No mais, o livro é ótimo e o final surpreendente.”

3. Qual a sequência dos livros de Agatha Christie?

Agora que você sabe as principais indicações de livros para começar a ler Agatha Christie, veja também qual a ordem de todos os títulos publicados pela autora.

A maioria deles está disponível nos formatos: capa comum, capa dura e também para o leitor Kindle.

ORDEM/SEQUÊNCIA LIVROS AGATHA CHRISTIE DISPONÍVEL
O misterioso caso de styles (1920) AQUI
O inimigo secreto (1922) AQUI
Assassinato no campo de golfe (1923) AQUI
Poirot investiga (1924) AQUI
O homem do terno marrom (1924) AQUI
O segredo de Chimneys (1925) AQUI
O assassinato de Roger Ackroyd (1926) AQUI
Os quatro grandes (1927) AQUI
O mistério do trem azul (1928) AQUI
O mistério dos sete relógios (1929) AQUI
Sócios no crime (1929) AQUI
O misterioso sr. Quin (1930) AQUI
Assassinato na casa do pastor (1930) AQUI
O mistério de Sittaford (1931) AQUI
A morte do almirante (1931) Indisponível
A casa do penhasco (1932) AQUI
Os treze problemas (1932) AQUI
Treze à mesa (1933) AQUI
Assassinato no expresso do oriente (1934) AQUI
Por que não pediram à Evans? (1934) AQUI
O detetive Parker Pyne (1934) AQUI
Tragédia em três atos (1934) AQUI
Morte nas nuvens (1935) AQUI
Os crimes ABC (1936) AQUI
Morte na mesopotâmia (1936) AQUI
Cartas na mesa (1936) AQUI
Assassinato no beco (1937) AQUI
Poirot perde uma cliente (1937) AQUI
Morte no nilo (1937) AQUI
Encontro com a morte (1938) AQUI
O natal de Poirot (1938) AQUI
É fácil matar (1939) AQUI
E não sobrou nenhum (1939) AQUI
Cipreste triste (1940) AQUI
Uma dose mortal (1940) AQUI
Morte na praia (1941) AQUI
M ou N? (1941) AQUI
Um corpo na biblioteca (1942) AQUI
Os cinco porquinhos (1942) AQUI
A mão misteriosa (1942) AQUI
Hora zero (1944) AQUI
E no final a morte (1944) AQUI
Um brinde de cianureto (1945) AQUI
A mansão hollow (1946) AQUI
Os trabalhos de Hércules (1947) AQUI
Seguindo a correnteza (1948) AQUI
Testemunha de acusação (1948) AQUI
A casa torta (1949) AQUI
Os três ratos cegos e outros contos (1950) AQUI
Convite para um homicídio (1950) AQUI
Aventura em Bagdá (1951) AQUI
A morte da sra. Mcginty (1951) AQUI
Um passe de mágica (1952) AQUI
Depois do funeral (1953) AQUI
Cem gramas de centeio (1953) AQUI
Um destino ignorado (1954) AQUI
Morte na rua Hickory (1954) AQUI
A extravagância do morto (1956) AQUI
Testemunha ocular do crime (1957) AQUI
Punição para a inocência (1958) AQUI
Um gato entre os pombos (1959) AQUI
A aventura do pudim de natal (1960) AQUI
O cavalo amarelo (1961) AQUI
A maldição do espelho (1962) AQUI
Os relógios (1963) AQUI
Mistério no Caribe (1964) AQUI
O caso do hotel Bertram (1965) AQUI
A terceira moça (1966) AQUI
Noite sem fim (1967) AQUI
Um pressentimento funesto (1968) AQUI
A noite das bruxas (1969) AQUI
Passageiro para Frankfurt (1970) AQUI
A mina de ouro (1971) AQUI
Nêmesis (1971) AQUI
Os elefantes não esquecem (1972) AQUI
Portal do destino (1973) AQUI
Os primeiros casos de Poirot (1974) AQUI
Cai o pano (1975) AQUI
Um crime adormecido (1976) AQUI
O cadáver atrás do biombo (1983) AQUI
A teia da aranha (2008) AQUI
Poirot sempre espera (2008) AQUI

4. Quais os livros preferidos de Agatha Christie?

Em 2015, o site oficial de Agatha Christie (www.agathachristie.com) realizou uma pesquisa mundial com os fãs da autora, para que escolhessem as melhores obras dentre todos os trabalhos produzidos por ela. Após receber mais de 15 mil votos de leitores de mais de 100 países, os 10 livros campeões foram:

  1. E não sobrou nenhum (1939)
  2. Assassinato no Expresso do Oriente (1934),
  3. O assassinato de Roger Ackroyd (1926)
  4. Morte no Nilo (1937)
  5. Os crimes ABC (1936)
  6. Convite para um homicídio (1950)
  7. Testemunha ocular do crime (1957)
  8. Morte na praia (1941)
  9. Os cinco porquinhos (1942)
  10. Cai o pano – O último caso de Poirot (1975)

Um curiosidade é que, em resposta a um fã japonês sobre os seus livros preferidos, Agatha Christie escreveu em 1972: “Meus 10 variam de tempos em tempos, porque às vezes eu releio um livro por algum motivo, talvez para responder alguma pergunta que me fizeram, e aí eu mudo de opinião – às vezes pensando que o livro é muito melhor do que eu achei antes – ou não tão bom quanto. No momento, minha lista possivelmente seria: E não sobrou nenhum, O assassinato de Roger Ackroyd, Convite para um homicídio, Assassinato no Expresso do Oriente, Os treze problemas, Hora zero, Noite sem fim, A casa torta, Punição para a inocência e A mão misteriosa.”

Outras dicas de livros:

Sempre que precisar escolher algo, digite no Google: Uma dica por dia + produto. Ex: "Uma dica por dia melhor liquidificador".

Ou clique aqui e busque direto 🤩

*O melhor preço indicado em cada produto foi checado na última data de atualização deste artigo. Qualquer modificação no valor é de inteira responsabilidade da loja em questão.

**O melhor preço indicado faz referência ao valor do produto e frete somados.

Deixe sua opinião

Por favor, digite sua opinião!
Por favor, digite seu nome aqui