9 livros curtos para ler em poucas horas em 2021

Poucas páginas, mas ótimos conteúdos…

Livros Curtos

Quer conhecer ótimos livros curtos para ler em um apenas dia? Em geral, eles têm poucas páginas, mas até mesmo os que têm um pouco mais fluem bastante bem, então caso você realmente se dedique e se concentre na leitura, são super possíveis de terminar no mesmo dia -, ou pelo menos no dia seguinte.

Os livros abaixo são ótimas oportunidades especialmente para quem não tem tanto hábito de ler. Boa parte contém histórias bem leves e/ou envolventes, que podem te incentivar a querer novas páginas futuramente.

A seguir você confere:

  1. Resenhas dos melhores livros curtos
  2. Dicas de como ler mais

Confira tudo sobre as obras e algumas dicas!

1. Resenhas de ótimos livros curtos para começar a ler

Listamos abaixo os melhores livros que têm a partir de 70 páginas. São ótimas opções para ler em um final de semana, por exemplo.

1º – Coraline

  • Média de páginas: 162
  • Data da primeira publicação: 2 de julho de 2002

Coraline é uma história bastante conhecida por ter sido adaptada para o cinema. Nela, o autor nos apresenta uma obra de fantasia infantil com muitos elementos de horror.

Coraline e seus pais se mudaram para um casarão que foi dividido em apartamentos. Sem ter com quem brincar e com os pais sempre ocupados por conta do trabalho, a menina passa os dias explorando o quintal ou mesmo o casarão.

Seus vizinhos são bem diferentes, duas senhoras que moram juntas e que nunca acertam o nome de Coraline e um senhor que diz ter um circo de ratos.

Em uma de suas explorações, ela acaba descobrindo uma porta trancada em seu apartamento, e que segundo a sua mãe, não dá em lugar nenhum, a não ser em uma parede de tijolos.

Mas é justamente esta porta que a leva para outro mundo, uma espécie de realidade paralela de sua própria vida. Mas nem tudo são flores e logo ela percebe que seus “novos pais” são perigosos e que seus verdadeiros pais estão correndo um grande perigo.

Apesar de ser uma obra infanto-juvenil, serve para todas as idades.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Coraline:

  • “O livro é muito bem elaborado, personagens cativantes, uma vilã tenebrosa, muito assustadora. Adorei a história, recomendo pra todo mundo.”
  • “O livro é muito bom, eu adorei as ilustrações e o conteúdo, recomendo!”
  • “Uma personagem que nos mostra como ser forte e corajosa mesmo o medo nos dizendo para recuar. Foi meu primeiro contato com o autor e me surpreendeu bastante. Além dessa edição estar incrível e nos auxiliar ainda mais a entrar no mundo da pequena Coraline.”
  • “Eu sempre ouvi maravilhas sobre o autor desse livro, mas nunca tinha lido nada dele. Agora eu entendo o porquê de tamanho sucesso! Embora seja um livro pequeno, eu gosto de ler aos poucos, prefiro não devorar tudo de uma vez só. Porém, comecei a ler ontem e já estou no final! É uma história muito bem escrita, a leitura é fácil, envolvente e viciante. Eu não conseguia parar de ler, porque sempre queria saber o que ia acontecer, sempre queria mais e mais. A história é maravilhosa, vale a pena ler.”
  • “Li esse livro na adolescência e gostei muito. Agora, com a releitura, tive uma percepção ainda melhor. Gosto muito da linguagem que o Gaiman usa para desenvolver o horror e o suspense em uma história infantojuvenil, dando aquele tom gótico que já é característico na sua escrita. É um livro bem rápido, gostoso de ler, que ajuda a dar uma respirada em meio a outras leituras densas. Coraline é uma personagem muito cativante, fácil de se identificar, e com certeza esse livro traz ótimas lições, principalmente sobre como enfrentar nossos medos. A edição ilustrada da Intrínseca é muito fofa.”

2º – Passarinha

  • Média de páginas: 224
  • Data da primeira publicação: junho de 2014

Passarinha, de Kathryn Erskine, foi um dos livros mais premiados de 2010.

O livro conta a história de Caitlin, uma menina com síndrome de asperger, após a morte trágica de seu irmão.

Todo o desenvolvimento é feito sob a perspectiva da garota autista, o que nos permite conhecer a forma de pensar dessas crianças e os motivos de alguns comportamentos.

Entender suas felicidades e angústias e suas lutas para resolver os obstáculos impostos pela vida social e pela tragédia na família torna a leitura muito interessante e até emocionante em alguns trechos.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Passarinha:

  • “Livro incrível! Leitura fluida, apesar do tema exigir muitas reflexões sobre nós e os outros. Como nossas atitudes mais simples afetam agora e tardiamente pessoas que nem imaginávamos.”
  • “No geral, é um livro bem escrito e fluído, fácil de ler e que atinge seu objetivo ao trazer boas reflexões e ensinamentos sobre empatia e nos lembrar que somos todos deficientes em alguma coisa e todos temos sempre muito a aprender.”
  • “O livro conta a história de uma forma extremamente sensível e bonita. Muito fácil e rápido de ler.”
  • “Um dos livros mais tocantes que já li. Uma linda história, te ensina muito sobre empatia e simplicidade na vida.”
  • “A história é contada por uma menina altista de 10 anos que perde o irmão mais velho num tiroteio em uma escola. É emocionante e nos ajuda a entender o ponto de vista do outro. Neste caso, uma menina altista. Empatia é a maior lição que eu tirei dessa obra linda.”

3º – Extraordinário

  • Média de páginas: 320
  • Data da primeira publicação: 14 de fevereiro de 2012

Esse é um dos casos que não conhecia o livro até ver o filme.

Por meio de uma linguagem fácil, capítulos curtos e perspectivas de vários personagens, conhecemos Auggie Pullman, uma criança com uma deficiência genética de formação do rosto, que o faz ter uma face deformada em certa medida.

Após anos estudando em casa, seus pais resolvem colocá-lo numa escola normal e é aí que seus desafios começam.

Ainda que os professores tentem incluí-lo, August sofre preconceito por grande parte das outras crianças, que o enxergam como uma aberração, alguém com uma doença contagiosa.

Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade — um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, positivo.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Extraordinário:

  • “Recomendo a todos que gostam de uma boa história emocionante. Peguem os lenços de papéis…”
  • “O livro é narrado em primeira pessoa e pelo ponto de vista de Auggie e outros personagens, o que o torna interessante e dinâmico, pois em algumas ocasiões narra-se o mesmo evento por pontos de vista diferentes. Com uma narrativa envolvente e direta R.J Palacio, nos apresentou uma história belíssima que retrata como podemos ser ignorantes e cruéis com aquilo que nos foge ao padrão. Auggie não precisa de dó ou de cuidados especiais, ele precisa somente que o conheçam além de sua aparência. Vale muito a leitura, pela história muito bem contada, pela diversão e pela reflexão sobre valores.”
  • “Difícil explicar o que senti lendo Extraordinário. Os desafios pelos quais Auggie passou, os pontos de vista de cada personagem, a luta pessoal de cada um deles… Olha, foi muito intenso pra mim. Chorei muitas e muitas vezes por refletir entre os trechos o que eles estavam sentindo e o que me fez lembrar de muitas situações com as quais eu passei. Foi profundo, foi doloroso, foi arrebatador… Foi, literalmente, extraordinário!”
  • “Ótima leitura. Bem fluida, de fácil compreensão, direto ao ponto, enfim, um livro que você consegue ler em poucas horas e que emociona, faz você se identificar com as personagens e torcer por elas. O interessante é que vemos a história não só pela perspectiva de August, mas também de alguns de seus colegas e de sua irmã. Vale a pena ter esse livro na estante.”

4º – Ponte para Terabítia

  • Média de páginas: 160
  • Data da primeira publicação: 21 de outubro de 1977

Jess Aarons, um garoto de 10 anos, passou o verão treinando para ser o campeão de corrida da escola. Na volta às aulas, é ultrapassado por Leslie, uma aluna nova.

Os dois tornam-se grandes amigos, e criam um reino imaginário chamado Terabítia, onde governam soberanos protegidos das ameaças e zombarias da vida cotidiana.

Até que um dia, uma fatalidade acontece, e Jess precisa ser forte para enfrentar essa triste realidade.

A autora escreve muito bem, com muita delicadeza, o que faz a leitura fluir.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Ponte para Terabítia:

  • “Um livro tocante e muito gostoso de se ler. Dei de presente e a pessoa amou, ideal para crianças e adultos.”
  • “O livro conta uma história linda.”
  • “O livro é lindo e emocionante, assim como o filme. Acho que nunca vi um livro em que a adaptação fosse tão fiel. Se você gosta de ler histórias com crianças, mas não tem medo de chorar horrores, vale muito a pena se aventurar por Terabítia.”
  • “Quem não tem ou quer ter aquele fiel amigo onde você confidencia histórias de Terabítia, onde vocês são verdadeiros donos do mundo de vocês? Assim, o livro nos envolve com uma mágica aproximação de Jess e Leslie nos deixando com a certeza de como a vida é curta, e que temos que ser gratos por cada segundo que vivemos ao lado de quem amamos.”

5º – A maravilha das pequenas coisas

  • Média de páginas: 216
  • Data da primeira publicação: 2012

Em “A maravilha das pequenas coisas” vamos conhecer a divertida história de uma família moderna. Narrada em primeira pessoa por três membros da família.

A mãe que nos auge dos seus quase 50 anos se vê em uma crise de meia-idade. Dora, a filha, com 17 anos, tem os típicos problemas da adolescência. Peter ou como ele prefere, Oscar, que tem 16 anos, gosta de se vestir bem elegante e tem uma certa formalidade ao falar.

O livro traz muito dessa relação dos três, e também tem momentos bastante divertidos que arrancam algumas boas risadas.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre A maravilha das pequenas coisas:

  • “Sabe aquela música: ”Esta família é muito unida. E também muito ouriçada! Brigam por qualquer razão. Mas acabam pedindo perdão.”. Melhor descrição para este livro!”
  • “O título pode até sugerir, mas ‘A Maravilha das Pequenas Coisas’ não é um livro de autoajuda. Atraída pela sinopse, que promete diversão, comecei a leitura sem grandes expectativas. Que bom, porque foi uma surpresa tão gostosa! Ri muito com os personagens e as situações criadas.”
  • “Aí está um livro que demonstra que, para chamar a atenção do leitor, não é preciso ficção, aventura, heróis e animais excêntricos. Basta uma pitada de história real, rotina e conflito familiar. Pronto! Gostamos muito daquilo com que nos identificamos, assim como adoramos perceber que outras pessoas também sofrem dos mesmos males que enfrentamos todos os dias. É um livro engraçado, dinâmico e extremamente conflituoso. Conta a história de uma família onde a filha tem baixa autoestima, o filho é homossexual, a mãe psicóloga e o pai quase não aparece na história. Adorei! Mil vezes!”

6º – O curioso caso de Benjamin Button

  • Média de páginas: 72
  • Data da primeira publicação: 27 de maio de 1922

Possivelmente você já ouviu falar ou quem sabe assistiu “O curioso caso de Benjamin Button“, estrelado por Brad Pitt e Cate Blanchett. No entanto, já leu o conto homônimo em que o filme foi inspirado?

Ambas as obras retratam a excêntrica vida de um homem que nasce velho e, conforme os anos vão passando, começa a rejuvenescer, até simplesmente não existir mais.

Porém, existem diferenças: ao passo que o filme é mais emotivo, o conto é tratado com humor e uma certa melancolia.

São pouco mais de 60 páginas escritas neste ótimo livro de forma atraente e é impossível não se encantar com essa história.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre O curioso caso de Benjamin Button:

  • “História intrigante e angustiante. Terminar a vida em sua melhor fase, ter conhecimento de quando se vai morrer… seria uma forma melhor de se viver?”
  • “Gostei muito do livro! Uma forma muito diferente de se pensar, faz você refletir sobre várias coisas e decisões que você tomou ou vai tomar durante a vida. Um livro curto e tranquilo para ler. Recomendo! Gostei muito mais do livro do que do filme!”
  • “‪Uma leitura um tanto rápida, mas ainda assim muito bacana! A escrita do autor também é extremamente envolvente e o livro flui fácil.”
  • “Diferente do que se vê no filme e mesmo assim encantador. É fácil desejar uma vida em que nascemos velhos, sei que eu desejo. Encantador de forma leve.”
  • “Leitura simples e uma história sensacional, além de ser um livro curto. Super indico. Parabéns ao autor.”

7º – O papel de parede amarelo

  • Média de páginas: 112
  • Data da primeira publicação: janeiro de 1892

O papel de parede amarelo” traz uma narrativa extremamente envolvente, angustiante, poética, simbólica e acima de tudo tão impressionante, que não deixa em nada a desejar o fato de a história ter sido escrita em poucas páginas.

Uma mulher fragilizada emocionalmente é internada, pelo próprio marido, em uma espécie de retiro terapêutico em um quarto revestido por um obscuro e assustador papel de parede amarelo.

Por anos, desde a sua publicação, o livro foi considerado um conto de terror, com diversas adaptações para o cinema, a última em 2012.

No entanto, devido a trajetória da autora e a novas releituras, é hoje considerado um relato pungente sobre o processo de enlouquecimento de uma mulher devido à maneira infantilizada e machista com que era tratada pela família e pela sociedade.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre O papel de parede amarelo:

  • “Livro curtíssimo, mas carregado de emoções. A escrita é muito simples, um tipo de diário, mas as palavras, os adjetivos usados dão um ar de mistério e de angústia. Uma metáfora para a luta feminina contra seu cárcere.”
  • “Livro escrito no século 19, com poucas páginas, mas um conteúdo forte! A autora é genial em fazer você querer devorar o livro para saber até onde a protagonista chegará… Muito bom!”
  • “A leitura desse pequeno grande conto foi extremamente inquietante para mim, devido a relação estreita entre a realidade da autora e a da personagem. “O papel de parede amarelo” aparenta ser um suspense, em dados momentos uma narrativa de terror/horror, mas ao final uma alegoria perturbadora para representar a angústia de uma mulher que ansiava ser quem de fato era.”
  • “O livro na verdade é só um conto. Maior que o próprio conto é a introdução e as notas sobre a autora. Mas o conto em si deveria ser uma leitura obrigatória para toda mulher! Apesar de curtinho, tem um impacto enorme.”

8º – Sentimento do mundo

  • Média de páginas: 88
  • Data da primeira publicação: 1940

Sentimento do mundo“, publicado em 1940, é o terceiro livro de Carlos Drummond de Andrade, e pertence à segunda fase da geração modernista com versos livres.

Para os que não têm intimidade com os livros de poesia, recomendo fortemente este, já que nele estão alguns dos melhores poemas do autor mineiro.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Sentimento do mundo:

  • “Falar o que desse livro? É Drummond. É poesia. É profundo. É necessário. Drummond TEM que ser lido! Leitura indispensável.”
  • “Drummond merece quantas estrelas existirem. Um livro que expressa o pessimismo na época da guerra, escrito de forma magistral por esse gênio.”
  • “Coleção de poemas escritos de forma magnífica. O poema “Sentimento do Mundo” é testemunho do talento de Drummond.”
  • “É muito bom poder ler Carlos Drummond de Andrade. Suas poesias encantam a todos, independente da época ou idade. Muito bom.”
  • “É um livro curtinho de poemas, foi publicado em 1940 e aborda temáticas políticas e sociais, que ainda se tornam atemporais. Naquela época o fascismo, nazismo e conflitos regionais estavam se destacando e com o fim da primeira guerra Drummond esperava que houvesse paz e solidariedade, essa dicotomia de esperança e frustração acabou gerando diversos sentimentos que o autor colocou em seus poemas.”

9º – Os cinco porquinhos

  • Média de páginas: 242
  • Data da primeira publicação: maio de 1942

Agatha Christie é a melhor autora de livros policiais. E o que suas obras têm em comum é justamente o mistério que nos faz não querer parar de ler até chegarmos à resposta.

Em “Os cinco porquinhos“, Hercule Poirot investiga a morte do pintor Amyas Crale pelo depoimento de 5 testemunhas envolvidas no crime: Angela Warren, sua cunhada; Cecília Williams, a empregada; Elsa Greer, sua amante; Philip e Meredith Blake, amigos e vizinhos.

Melhor preço do livro nas principais lojas do Brasil:

Mais resenhas sobre Os cinco porquinhos:

  • “Ninguém pode questionar o talento que a Agatha Christie tem para conduzir as mais improváveis investigações, afinal, ela não ganhou o título de “Rainha do Crime” à toa. Neste livro, fica mais clara do que nunca a forma como ela tem o domínio completo da narrativa, controlando não apenas o que está escrito, como também, aquilo que fica implícito. Entre o que é, e o que pareceu ser, a resolução foi surpreendente e muito coesa com a história. Mais um favorito para a coleção!”
  • “Adorei! Fazia tempo que não lia uma história de Agatha Christie e como da última vez me surpreendi. A autora me deixou instigada, me fez suspeitar de todos os personagens e cada vez que eu me enganava, mais ansiosa eu ficava para saber o verdadeiro culpado pelo crime. Realmente muito bom! Super indico!”
  • “Como o livro é a narrativa de várias pessoas sobre um caso que já ocorreu, você acaba lendo várias vezes a mesma coisa e se torna repetitivo. Mas ainda sim, a trama continua sendo genial, com boas análises sobre a natureza de cada personagem e um resultado bem coeso e elaborado.”
  • “Mais uma estória fascinante da grande Dama do crime. Excelente relato escrito de maneira diferente do habitual. Gostei muito e recomendo.”

2. Dicas de como ler mais

Muitas pessoas, especialmente as que passam a ler como um hobbie quando já adultas, começam por livros curtos e, com o passar do tempo, vão adquirindo obras maiores e mais complexas. Se for o seu caso, veja as dicas abaixo de como conseguir ler cada vez mais.

2.1. Escolha livros de temas que te atraem

De nada adianta escolher o livro do momento, que todos estão lendo, se o assunto dele não te agrada. Para leitores iniciantes, a dica é associar bons livros à sua própria experiência.

Escolha obras que conversem como você de alguma forma, que correspondem à sua busca por conhecimento ou sirva como uma boa distração para determinado momento.

Siga essa máxima: encontrar livros bons para o seu gosto é fundamental para melhorar e manter o hábito da leitura.

2.2. Organize seu tempo

Você já ouviu dizer que a leitura vem do hábito? Aliás, praticamente tudo na vida vem. Sendo assim, caso queira ler mais, organize o seu dia e defina qual o melhor horário para pegar um livro. Caso não dê em um dia específico, tudo bem, mas tente sempre voltar à rotina.

2.3. Defina metas

Pense, se você se dedicar a ler ao menos 5 páginas por dia, ao longo de um ano totalizará 1.825 páginas lidas (5 X 365 dias). Isso representaria boa parte dos livros curtos presentes nesta lista, e caso você conseguisse aumentar a média diária de páginas, poderia representar todos.

2.4. Teste um leitor de e-book

O leitor de e-book facilitou demais a vida dos leitores, pois, com ele, é possível carregar uma biblioteca inteira para qualquer lugar, além de ter muitas ferramentas que facilitam a leitura: marcador de página, dicionário, zoom, diferentes tamanhos de fontes, etc.

Caso nunca tenha experimentado, se conhecer alguém que tenha um leitor, pegue emprestado por uns dias para testá-lo. Ou, caso queira dicas sobre o melhor leitor de ebook, temos review completo sobre o Kindle aqui no site.

Outras dicas de livros:

Sempre que precisar escolher algo, digite no Google: Uma dica por dia + produto. Ex: "Uma dica por dia melhor liquidificador".

Ou clique aqui e busque direto 🤩

*O melhor preço indicado em cada produto foi checado na última data de atualização deste artigo. Qualquer modificação no valor é de inteira responsabilidade da loja em questão.

**O melhor preço indicado faz referência ao valor do produto e frete somados.

Deixe sua opinião

Por favor, digite sua opinião!
Por favor, digite seu nome aqui